Comissões emitem relatório sobre questionamentos no Transporte Escolar em Carandaí

0
924

No dia 21 de junho, às 9h30 os membros das Comissões de Serviços, Obras Municipais e Mobilidade Urbana e de Educação, Cultura, Esporte, Lazer, Turismo e Juventude, Vereadores Milton Euzébio de Oliveira, Aécio Flávio da Costa, Geraldo Francisco Gonçalves, Valério Domingos de Souza, André Luiz de Melo e Jader José de Paiva compareceram ao Departamento Municipal de Educação para averiguar denuncia feita através do Requerimento nº. 25/2017, de autoria do Vereador Francisco Gonçalves, a respeito da situação do transporte escolar do ensino fundamental, médio e universitário e se os prestadores de serviços estão cumprindo adequadamente suas funções, conforme previsto no processo licitatório, nos seguintes itens: – Medição da quilometragem das linhas; – Valor da quilometragem das linhas; – Número de alunos por linhas; – Se há monitores em todas as linhas; – Se os motoristas possuem formação adequada para condução de veículo escolar; – Condições físicas dos veículos.

Na manhã do dia 21 de junho de 2017, os membros das Comissões compareceram ao Departamento de Educação, onde foram recebidos pelo Supervisor de Educação, Senhor Marcelo Wagner, e pelo encarregado de Transporte Escolar do Departamento de Educação Senhor Douglas, que prestaram todos os esclarecimentos sobre os transportes escolares do Município e intermunicipal. Sobre as denuncias foi esclarecido que todas as linhas do Município foram rigorosamente medidas e fiscalizadas. Sendo que existem 45 linhas feitas pelo próprio município, 60 linhas que foram licitadas e 13 linhas intermunicipais em um total de 118 linhas. A respeito das quilometragens das linhas, umas aumentaram e outras diminuíram devido à quantidade de alunos de cada Comunidade.

Informaram ainda os preços pagos por quilômetros, disseram que existem alguns prestadores de serviços querendo abandonar suas linhas por terem ganhado por um valor muito baixo. Quanto às documentações dos prestadores estão rigorosamente em dia. Relataram ainda que nas linhas intermunicipais o número de alunos matriculados chega a um total de 718, dando em média 55 alunos por ônibus.

Informaram que a demora em prestar tais esclarecimentos foi devido à extensão do município e a quantidade de linhas.

Os membros comissões concluíram que as denuncias recebidas e feitas pelo vereador Geraldo não procedem, desta forma sugerem pelo arquivamento das denuncias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here