Xadrez por equipes mostra o outro lado de um esporte solitário

0
141

Um dos esportes mais solitários certamente é o xadrez, onde o atleta busca, sozinho, dentro de seus pensamentos e conhecimentos a melhor jogada, tentando ainda imaginar o que seu adversário pode fazer. Mesmo respeitando esta individualidade, o xadrez também pode ter nuances de um jogo por equipe. E foi assim, no último domingo (07), em Barbacena, quando foi disputado no Olympic Clube o Campeonato Mineiro de Xadrez por Equipes 2019, promovido pela Federação Mineira de Xadrez e organizado pela Liga Regional de Xadrez – LRX Mata-Vertentes.

A equipe Nf3, formada por enxadristas de Juiz de Fora, foi a campeã, com o Mestre Nacional Carlos Alessandro, Márcio Cardoso, Augusto Martinez e Marco Antônio Sales. Em segundo lugar ficou a equipe “Só Betim” e em terceiro uma equipe mesclando atletas de Barbacena e Juiz Fora, com João Pedro Salim, Pedro Lage, Wagner Afonso da Silva e Matheus Mendes. Esta equipe apresentou a menor média de idade no torneio, João Pedro com 14 anos e Matheus, 13. Ao todo, participaram do torneio mais de 70 atletas, divididos em 17 equipes de várias cidades mineiras, como BH, Contagem, Ouro Preto, Juiz de Fora, Lavras, São João Del Rei, Betim, dentre outras. “Foi um torneio para ficar na história do xadrez mineiro”, garantiu o paraguaio Augusto Martinez, que jogou na mesa três da equipe campeã. Flávio Santos, dos “Peões Valentes” afirmou que “a oportunidade de encontrar os amigos do xadrez num torneio como este é muito bom, fora a qualidade da organização”. Um confronto que chamou a atenção durante o torneio foi Geraldo Rogério Pires, de Barbacena, e Júlio Silvio de Souza Bueno Filho, de Lavras, “eu joguei contra ele faz muitos anos, mais de 20, quando o Júlio era estudante de engenharia, em BH, e agora tivemos a oportunidade de nos reencontrarmos”, disse Rogério.

Grandes nomes do Xadrez mineiro estiveram em Barbacena, como Júlio Lapertosa, Lucas Crespo e Haruna Hama. Destaque também para uma equipe em família, “Os Jacobs”, com o pai, Neivaldo, e seus três filhos, Gabriel, Samuel e Daniel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here